Casar x comprar bicicleta: versão dele!

domingo, novembro 24, 2013 Aline 4 Comments

Depois da 'repercussão' no Facebook quando divulguei minha opinião sobre fazer um intercâmbio e deixar o namorado aqui, ao invés de me casar como quase todas da minha idade, o Marcus comentou que 'sentia certa obrigação' em responder os vários comentários da galera. 

Leia abaixo o post que ele criou por iniciativa própria, mas antes, dê play na musiquinha abaixo e faça de trilha sonora para o ponto de vista do projeto de barbudo.


**

Casar ou comprar uma bicicleta, foi isso q eu me deparei quando minha amada e querida namorada fez um post para explicar o que ela sente quando perguntam como eu vou ficar nessa historia toda... aí eu te pergunto, casar ou continuar vivendo a sua vidinha medíocre? Sim, alguns vão achar que essa terminologia e um pouco agressiva para o nível de post que eu estou fazendo, mas é isso mesmo, VC AI QUE MORRE DE VONTADE DE SAIR DA SUA VIDINHA MEDÍOCRE, por que não faz? Por que o seu namorado não deixa? Por que você não quer deixar tudo o que conquistou até agora? bullshit!

Passado essa ira inicial, posso dizer que vi essa Aline, que é pequena por sinal, crescer muito nesse um ano que estamos juntos. Logo no começo, ou melhor, onde tudo começou, foi aquela viagenzinha bem de buenas de 1 mês pra estudar inglês e fazer um mochilão pela Europa. Diria que aquilo era um tipo de fogo de palha que passaria após a viagem, mas eu estava errado! Só eu vi como a vontade e a coragem dessa pessoinha fizeram-na chegar onde chegou, isso, chamar no peito e falar que eu vou e pronto acabou.

Mas agora você me pergunta, foi fácil assim mesmo? Ela decidiu e pronto acabou? NOPE! Acredito que só eu e o travesseiro dela sabemos como foi difícil chegar a essa conclusão e realmente "botar" as caras no mundo. No começo, lembro-me que ela já tinha acertado tudo com a CI, porém, ela ainda não estava tão convicta de tudo isso e como eu apareci para estragar tudo, ela meio que acabou deixando tudo "on hold". Infelizmente(ou felizmente) ninguém é perfeito e todo relacionamento tem suas entrelinhas. Numa dessas ela resolveu retornar ao programa e dessa vez eu ajudei de todas as formas possíveis. 

Antes que vocês me perguntem, não mudei minha forma de pensar porque eu errei, porque não foi só culpa minha, mas apenas entendi que o lugar dela já não era mais aquele que nós nos víamos todos os dias, almoçávamos juntos e ficávamos conversando sempre que possível. Isso era algo que fazia bem pra mim e não mais pra ela. Então, desde que ela decidiu voltar as rotinas de tortura sobre o AuPair, lá estava eu tentando ajudar de todas as formas. Numa dessas, virei tradutor, corretor, conselheiro, fotografo, diretor de filme, câmera man, fã numero um e é claro, namorado

E agora mais uma vez você pergunta algo esquisito: e você deixou ela ir? E eu te respondo perguntando: namorado é dono? Namorado é alguém que tem direito de escolher o futuro de sua pessoinha? Então acho que chegamos a mesma conclusão, certo? Concorda comigo que a resposta é NÃO? Se é não, o que você pode fazer? Ou você não faz nada e perde ela em alguns meses ou ajuda de todas as formas possíveis e impossíveis e ainda reza pra que tudo de certo pra ela por lá, porque você vai ficar no seu conforto, na sua casa, com a sua mãe fazendo tudo pra vc, mas ela... 

Pelo que você pode ver, eu optei pela segunda e não me arrependo nem um pouco. Como muitos dizem, e dando que se recebe (ui) e assim conheci o lado humano, amoroso, companheiro e amigo dessa pessoinha. Da minha parte digo que estou fazendo o que eu posso, ajudo com visto, faço massagem nos pés quando ela esta falando com as meninas, tento lembrar ela de tudo q ela possa esquecer (por mais que ela odeie isso), ajudo a arrumar mala, enfim, tento fazer o meu melhor. 

Concluindo: Quer continuar fazendo parte da vida dela? Então trabalhe para isso, mostre q você serve pra alguma coisa além daquele peguete do fim de semana. Tá em dúvida? Então se afaste desde já, assim você não se machuca e não machuca a outra pessoa.

Última e derradeira pergunta mais feita pra namorado de AuPoor ou hellPair: E você, vai aguentar ficar longe ou vai junto? Aí vai de você, de sua condição financeira, e de sua coragem. Você pode juntar grana e ir visitar nas férias, pode engatar um curso de inglês perto da cidade dela, pode arrumar um trampo passatempo e ainda pode investir na sua carreira. 

Então escolha, e não chore por não ter feito nada

É com vc Pequena Inácio! s2



**
Marcus, obrigada por ter sido tudo isso aí em cima. Conseguimos passar por essa primeira etapa de uma forma inexplicável. E se estou mais calma do que o normal, os créditos são seus. Pelos abraços, beijos e conselhos - alguns doces, outros bem realistas. E como te disse e repito: independente de qual seja nosso futuro, eu serei eternamente grata a você

Para você que também viu o vídeo dos barbudinhos acima, fica mais uma reflexão: aceite a pessoa do jeito que ela é (mesmo que isso signifique um sonho de morar no exterior, ou simplesmente cultivar uma barba - ambos, nossos casos!). Nosso segredo tem sido esse: nos aceitar como somos! :)

4 comentários:

  1. Aline, a reação do seu namorado ao seu intercâmbio é muito madura e mostra o quanto ele se importa com vc, com aquilo que te faz bem e com o que vc precisa.
    Eu trabalhava na Assessoria Internacional da minha universidade e já vi muuuitos alunos partirem e terminarem o namoro por causa do intercâmbio ou depois de alguns meses estando separados. Daí eu me pergunto: era de verdade? É muito fácil fazer declarações no facebook, chamar alguém de amor e isso e aquilo. Parece que as redes sociais criaram uma vulgarização do "eu te amo", dentre outras coisas. Mas quem ama mesmo apoia a pessoa amada em tudo. Mesmo que isso venha a nos fazer sofrer. Isso é amor.
    Te digo que a saudade é dura, mas quando a gente ama de verdade, vale a pena.

    Parabéns pro namorado e que o amor de vcs possa superar a distância e se fortalecer com ela.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula,
      Eu penso EXATAMENTE assim! Meu atual não é meu primeiro namorado, e por ter tido uma experiência com alguém que me 'segurava', às vezes penso: e se deixo tudo por esse de agora, e não for pra sempre? O futuro é algo desconhecido! Se for verdadeiro, vai durar. Se não, paciência! Não temos todo tempo do mundo, infelizmente :(
      Sua experiência vendo casais se 'deixando', só comprova isso. Imagino que você também deve ter sofrido em ver essas situações, mesmo que sendo alguém de fora.

      Obrigada pelas lindas palavras! ♥
      Beijo!

      Excluir
  2. Putz, que lindo, fiquei emocionada! Seu namorado falou tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marcela! Ele também tá agradecendo :)

      Excluir