Desafio: Intercâmbio sem grana, o início

quarta-feira, julho 23, 2014 Aline 11 Comments


Amigos cibernéticos, aqui e agora começa o planejamento de um novo sonho - assim como fiz nas últimas viagens. 

Condições e dificuldades:

  1. Meu salário hoje consiste em quase metade do que ganhava na época da Inglaterra;
  2. Neste mesmo período, destinava quase que tudo ao Intercâmio e agora, aprox. 70% são para gastos com o carro;
  3. O que sobra vai para os finais de semana e custos esporádicos, como remédios e alguma emergência.
  4. Como das outras vezes, não posso contar financeiramente com nenhum realzinho vindo da família.
E por que detalhar pra onde vai meu dinheiro? Para você aí que também NÃO TEM DA ONDE TIRAR dinheiro e quer viajar. Como diz a Jana, bem it-pobrinha! 

Algumas soluções:
  1. Continuar vendendo cupcakes e destinar metade do lucro para o projeto (sendo que a outra metade me ajuda com as despesas mensais);
  2. Vender coisas que não posso e não vou usar mais, como os sapatos de salto novos, patins, máquina de fazer cupcake e por aí vai;
  3. Mandar o 13º direto para a poupança;
  4. Roubar descaradamente todas, mas todas as moedas que encontrar pela casa e colocar no pote de carolinas do Frango Assado. Pai e mãe, desculpem: vai rolar assalto de novo! GUARDEM SUAS MOEDAS!
  5. Estrategiar os gastos com saídas, como eu e o namorado já estamos tentando:
    a) Cinema em dias de promoção (conseguimos uma diferença de R$ 20,00/pessoa!);

    b) Não sair para jantar morrendo de fome: comer uma torradinha, ou pedaço de pão ou um bom copo de suco - assim não pegamos tudo que vemos no cardápio;

    c) Aprender a cozinhar mais e desenvolver bem o cálculo da quantidade utilizada para duas pessoas, evitando disperdício e não gastando com o desnecessário (obs.: um risoto perto de casa R$ 30/prato. Fizemos receita semelhante com qum bom queijo, gastamos uns R$ 20 para dois - #ficadica);
A meta:
  • Motivo da viagem: Intercâmbio de estudos;
  • Duração: 30 dias (se me liberarem no trabalho, se não serão 20);
  • Destino: Dublin, Irlanda;
  • Quando: Julho/2015 (dependendo também da liberação no trabalho).
Quanto vou precisar:
  • Um curso de 4 semanas com estadia (seja em casa de família ou residência estudantil) não sai por menos de R$ 4.000,00. Mesmo que consiga algo mais em conta, vou manter R$ 4.500,00 como base;
  • Aéreo também gira na base dos R$ 3.500,00, considerando que não há voo direto de GRU-DUB;
  • Uns R$ 4.000,00 para alimentação e rolês por pontos turísticos (considerando uns EUR 30/dia), assim como extras que possam surgir (um presentinho aqui, outra camiseta do Hard Rock ali, um trem até a Irlanda do Norte e por aí vai).

    O rolezinho vai sair uns R$ 12.000,00 (podendo ter outros custos administrativos com escola e tal).
Eu realmente não sei se vou conseguir, já que esse desafio vai muito além da primeira vez -como mencionei na questão salarial acima. Porém, quando um sonho se realiza (ou morre) precisamos criar outro e assim a vida vai fluindo. 

Detalhes extras que me comprometo a seguir:
  • Levar APENAS uma mala com 23kg e até menos, deixando make ups, sapatos, roupas. Por se tratar de verão, não precisarei levar roupas muito pesadas e acho que aprendi a lição da coluna;
  • NÃO comprar presentes para todo mundo que fica, como fiz da primeira vez. De 5 em 5 Euros, a conta vai longe;
  • Ficar em residência estudantil, visando a socialização geral com a galera;
  • Tour de pubs - ir em muitos, todos, beber até vomitar (de novo hahahaha!);
Menciono de novo que dessa vez o level é ultra hard e que demandará muito mais esforço.

Você aí colega que não tem grana pra nadinha e também quer viajar, deseje-me sorte e se quiser, junte-se a mim! 

Prometo fazer posts mensais atualizando sobre a situação financeira do Pote do Leprechaum (ou pote de carolina com moedas) e também sobre escolha da escola, etc etc mimimi blablabla.

Começando o rolê com: R$ 400,00 (faltam - R$ 11.600,00)



11 comentários:

  1. A-do-rei. Isso ai, garota. Planejamento e organização, porque esforçada eu sei que você é.
    E olha, a depender da época, você encontra passagens para Dublin por bem menos (eu comprei a minha super em cima da hora, no verão de 2012, e paguei algo por volta de R$2500).
    Você pretende ficar em Dublin mesmo ou toparia outra cidade? Se for o caso, recomendo muito a escola que estudei em Limerick - University of Limerick Language Centre - o curso foi ótimo e a escola faz passeios diários, tudo já incluso no pacote.

    PS. Me leva contigo? Hehe
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulinha,
      Até ia te perguntar no e-mail sobre, mas acabei deixando pra uma outra ocasião... Desde que voltei a trabalhar começamos a pensar sobre e vimos alguns orçamentos em Galway também, só que ficava um pouquinho mais caro... Se puder me passar o contato, vou agradecer sim! :)

      Opa, quer ir? Se ainda não tiver trabalhando, bora lá! Vai ser um prazer tê-la como cia de viagem!

      Beijos!

      Excluir
  2. Vamos la, como todo bom engenheiro gosta de uma boa continha de padaria, segue um pre calculo pra vc arrancar as suas madeixas loiras :P

    Se vc precisa juntar uns 12000, isso da 1000 por mês. Se vc considerar PLR(dependendo da empresa), 13 salario, férias e aquela nota de 50 conto q vc acha no casaco de vez em quando, sua conta ja cai pra uns 700-800 por mes. Como vc disse, seus cups tem ajudado em uns 400 por mes, entao sobram 300-400 por mes, que convenhamos, nao e nada de mais. E se reclamar eu cozinho toda semana, Flow, valeu Fui :P

    kkkkk brincadeiras a parte, quero te ajudar e muito nessa viagem e espero do fundo do coração q essa seja realizada como vc tem sonhado, pois sei como e importante isso pra vc.

    Te amo muitao! s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro: você é uma encrenca! :P
      Segundo: não rola PLR, o 13º não vai dar tanto e os cups não rendem esse dinheirão aí.

      Te amo coisinha, e sei que você vai me ajudar muito one more time!
      <3

      Excluir
  3. Estou super empolgada com esse desafio, Aline! Tomara que dê certo, vou torcer muito pra dar certo, viu?

    beijinhos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marcela! Espero que tudo dê certo mesmo! :))
      Beijos!

      Excluir
  4. Aline,

    Me identifiquei muito com esse post, pois eu sou exatamente assim faço planejamento de longo prazo, economizo cada centavos em tudo o que eu puder.
    Quando decidi que realmente queria voltar para Alemanha, deixei ate de comprar roupas, passei mais de 6 meses sem comprar uma calcinha :P troquei rolezinhos que gastava em media 50 reais por roles que gastava em media 20-30 reais, afinal ninguém é de ferro, eu já estava sob pressão por causa da faculdade pois tive que fazer o TCC, apresenta-lo, entregar estágio obrigatório, entrega de trabalho, apresentações de seminários e fazer as provas finais e dar atenção mesmo que a distancia pro noivo rs tudo junto.
    Juro que eu pensei que iria pirar hahahaha
    Uma alternativa para ajudar a realizar o seu sonho: Já pensou na possibilidade de vender o carro?
    Acho que ficar um tempo sem carro e sacrificar o conforto de tê-lo vale apena ne ?
    Mas creio que você esteja pelo caminho certo, mesmo porque a vida sem sacrifícios não tem graça e a gente acaba não dando o devido valor para as coisas que temos.
    Mesmo estando longe fico na torcida por ti para que dê tudo certo em seus planos.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari,
      Passei por tudo o que você citou quando planejei a viagem da Inglaterra, não comprava absolutamente nada! hahaha

      Quanto ao carro, já era algo que eu precisava há anos e ia postergando por conta das viagens. Ele é necessário para que eu use no trajeto trabalho-cursos-casa, e infelizmente não poderei abrir mão :( comprei sabendo da condição e que principalmente, fazer um intercâmbio novamente seria muito, mas muito complicado financeiramente!

      Mas não desisto, de forma alguma! :)
      Vou te visitar ainda na Alemanha!

      Beijinhos!

      Excluir
    2. eu vou cobrar a visita hein hahahaha

      Excluir
  5. ADOREI! Ter novos planos sempre ajuda a gente a superar as coisas, e faz com que mantenhamos a mente mais focado no que está por vir do que o que já se passou ;)
    Eu estou precisando me organizar para juntar dinheiro "do nada" também e sem ajuda da família, pois vou precisar fazer algumas coisas ano que vem. Vou acompanhar seu processo, quem sabe não me ajude com idéias também. Aliás, vou ficar de olho nas moedas agora hahaha.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse "do nada" tá tenso, viu? hahaha
      Só a venda dos cupcakes não tá lá ajudando muito... mas enfim, acho que começar é o primeiro passo, não?

      Se anima e vamos! :)
      Beijos!

      Excluir